Leilão de Carros da Receita Federal

Publicidade

Todos já ouvimos falar de leilão de carros, porém a grande maioria nunca foi atrás para se informar e conhecer os benefícios presentes. Neste artigo, você terá todas as informações referentes ao assunto e poderá esclarecer muitas dúvidas.

Se você quer comprar um carro por um preço mais barato, saiba que todos os anos, diversos órgãos do Governo Federal realizam leilões com uma grande quantidade de produtos que foram apreendidos e são leiloados por valores mais acessíveis, como veículos, eletrônicos e outros.

Publicidade

A Receita Federal do Brasil, junto com a Polícia Federal, realizam diversas prisões de veículos e produtos que são usados de forma ilícita.

Publicidade

Essas prisões, resultam em leilões receita federal que beneficiam os compradores e o governo através de muitas arrecadações.

Por isso, neste artigo vamos falar um pouco sobre como funciona o Leilão de Carros, bem como como participar para adquirir o tão sonhado carro.

Como funciona o leilão de veículos da Receita Federal

O Leilão de carros, como mencionado anteriormente, realiza anualmente eventos para a venda de diversos produtos apreendidos, principalmente carros e motos que foram pegos em uma blitz, por exemplo, e que o antigo proprietário não conseguiu regularizar o veículo.

Alguns desses leilões são realizados pelo próprio DETRAN, órgão que regulamenta as leis de trânsito. Esses leilões geralmente são virtuais e são realizados em parceria com empresas leiloeiras, onde existe um site com todos os detalhes dos veículos à venda.

No entanto, é preciso ficar atento, pois existem milhares de sites na internet que são falsos e afirmam ser do DETRAN ou mesmo de outras empresas públicas.

Publicidade

Recomenda-se atenção à mídia, na qual é divulgado um comunicado oficial do governo sobre esses leilões.

Também é possível verificar no site do DETRAN se existe algum edital indicando qual empresa será a responsável pelo leilão.

Normalmente, esse edital contém tudo o que o comprador precisa saber sobre o evento, desde a documentação necessária para participar até sobre as licitações.

Como em qualquer outro leilão, você deve fazer os lances mais altos para tirar o carro de lá. Além disso, é necessário pagar as despesas do veículo, como multas atrasadas, débitos e documentação para que possa ser regularizado e circular normalmente.

Além disso, algumas empresas de leilões costumam cobrar uma taxa de 30% do valor do lance para cobrir as despesas durante o evento.

Como participar do leilão de Carro da Receita Federal

Primeiramente, para participar do Leilão de carros é necessário saber qual órgão do governo está organizando o evento.

Logo após, acesse o site oficial, como o site do DETRAN, para verificar se já existe algum edital referente ao leilão.

Publicidade

Depois disso, você precisa se cadastrar no site onde acontecerá o leilão e enviar toda a documentação, além dos dados bancários.

Mas como mencionamos antes, é preciso verificar se a empresa é confiável, verificando as informações no edital.

Durante o evento, serão solicitados lances e a empresa leiloeira entrará em contato com o vencedor para combinar o pagamento. Mas tome cuidado, pois a maioria desses leilões só aceita pagamentos em dinheiro.

Portanto, é recomendável que o comprador interessado em participar do Leilão de Carros da Receita Federal tenha uma boa quantia em dinheiro para investir nas licitações e também arcar com todos os custos do carro leiloado, como dívidas em atraso, manutenção e regularização.